InfoBee Adepará participa de reunião sobre soluções digitais para criadores de abelhas nativas - InfoBee
InfoBee
E-mail de contato

contato@infobeebr.com.br

Telefone de contato

(91) 3204-1050

Adepará participa de reunião sobre soluções digitais para criadores de abelhas nativas

Data: 12/05/2023 - por Rosa Cardoso (ADEPARÁ)

Encontro na Embrapa reuniu representantes da Sedap, UFPA, UFRA, Instituto Peabiru, Ideflor, Equilibrium web, Coletivo Abelhas Nativas e Senar

A Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará), por meio do Programa Estadual de Saúde das Abelhas, participou de uma reunião na Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), sobre possíveis soluções digitais para problemas enfrentados pelos criadores de abelhas nativas. O evento contou com a participação de representantes da cadeia do mel no Pará.

Na reunião estiveram presentes, também, representantes da Secretaria de Estado de Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap), Universidade Federal do Pará (UFPA), Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA), Instituto Peabiru, Ideflor, Equilibrium web, Coletivo Abelhas Nativas e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar).

O encontrou objetivou ações integradas para identificar e priorizar problemas e oportunidades de interesse dos criadores de abelhas. Foi discutida a criação do aplicativo Infobee, que atenda a necessidade do criador e de instituições envolvidas na cadeia do mel.

“O desenvolvimento de soluções digitais de forma colaborativa  ajuda a pensar em produtos mais completos e que  resolvam  problemas ou gerem oportunidades para os criadores de abelhas nativas, explicou o analista da Embrapa Amazônia Oriental, Michell Costa.

Na oportunidade, os representantes da Adepará, Samyra Albuquerque, gerente do Programa de Saúde das Abelhas; e Rômulo Albuquerque, representante da Unidade de Controle de Cadastro Agropecuário, falaram da importância de o aplicativo inserir em seu layout a possibilidade de direcionamento do criador para o processo de cadastramento e ainda a importância de através do aplicativo o criador ou qualquer outro cidadão realizar a notificação de doenças e pragas das colmeias, através do link direcionado ao e-sisbravet.

“É mais uma ferramenta que pode contribuir para viabilizar o cadastro agropecuário, instrumento indispensável a atuação do Serviço Veterinário Oficial na vigilância agropecuária e prevenção imediata de doenças dessa importante cadeia produtiva do Estado”, ressaltou a veterinária Samyra Albuquerque.